SECRETÁRIO DE ESTADO DO INTERIOR AFIRMA QUE FORMAÇÃO SEMPRE FOI UMA PRIORIDADE DO EXECUTIVO

16/11/2021 || 07:52:01


Luanda: O Secretário de Estado do Ministério do Interior, José Bamóquina Zau, afirmou, hoje, em Luanda, que a formação sempre foi e será uma das prioridades do executivo angolano, por representar a melhor forma de transmissão de conhecimentos técnicos e científicos de uma geração para outra.

José Zau fez essas declarações em representação do Ministro do Interior - Eugénio César Laborinho, durante o acto de abertura do 1º curso de Defesa Nacional e Segurança Pública para Jovens, no âmbito do protocolo de cooperação e parceria académica, técnica e científica entre o Instituto de Defesa e Veteranos da Pátria e o Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais “General - Osvaldo de Jesus Serra Van-Duném", com vista a brindar de conhecimento a camada jovem em matérias ligadas à segurança da soberania nacional e à garantia da segurança pública.

O representante avançou na ocasião que, o presente curso visa contribuir no reforço da segurança nacional, da defesa da soberania e independência nacional, da integridade territorial, do poder legalmente constituído, da garantia dos direitos e liberdade fundamental, contra todo tipo de ameaça e risco, com base no respeito da Constituição, das Leis e das Convenções Internacionais que Angola aderiu." Assim sendo, podemos constatar, por via da Lei de Segurança Nacional, que os cidadãos têm o dever de colaborar na prossecução dos fins da segurança nacional, observando as disposições estabelecidas por leis", sublinhou o responsável.

José Bamóquina Zau, apelou aos formandos, maior empenho e dedicação durante os onze dias, de debate. “ É nossa convicção que sairão desta instituição, com outras visões que, o certamente, irão transmitir a outros jovens, segurança pública faz-se com o cidadão e para os cidadãos, ninguém defende uma pátria, um povo, um estado sem motivo algum, sem que se sinta parte dela, pelo que, está formação, tem como ideais a salvaguarda da nossa pátria mãe. Os jovens precisam compreender que a soberania nacional está acima de qualquer circunstância e sentimento que carregamos em nossos corações, ela é o triunfo de qualquer nação sólida e independente, por isso ela é inegociável em toda sua dimensão” finalizou o Secretário de Estado.

Importa referir que, a acção decorrerá de 15 a 26 do corrente mês, e participaram um total de 145 formandos e terá a presença de vários prelectores que abordaram diversos temas ligados à segurança pública, numa cerimónia que contou com membros do Conselho Superior da Polícia Nacional de Angola, oficiais generais e membros de direcção do Instituto de Defesa Nacional, oficiais subalternos, subchefes, agentes e trabalhadores civis dos respectivos órgãos de defesa.