REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS CHEFES DO ESTADO-MAIOR, COMANDANTES DE POLÍCIA E CHEFES DE INTELIGÊNCIA DA SADC RECOMENDA EXTENSÃO DA MISSÃO DAS FORÇAS DE PAZ EM MOÇAMBIQUE

08/11/2021 || 09:04:52


Africa Do Sul: Os Chefes do Estado Maior, Comandantes de Polícias e Chefes de Inteligência da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que estiveram reunidos, ontem, em Pretória- África do Sul, recomendaram a manutenção das Forças de Mssão de Paz da SADC, em Moçambique, por um período de mais três meses na província de Cabo Delgado.

A plenária, da qual a Angola participou, com uma delegação mista das forças de defesa e segurança, chefiada pelo Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola, Comissário-Geral, Paulo Gaspar de Almeida, recomendou ainda a elaboração de um plano estratégico para a retirada da missão, a elaboração de um plano de necessidades em termos de formação das forças de defesa e segurança de Moçambique e a inauguração, em Novembro, do Centro Regional de Combate ao Terrorismo na Tanzânia.

A reunião de Pretória foi antecedida de uma reunião de peritos das referidas áreas, que, no essencial, analisou a questão da cidade de Cabo Delgado, província de Moçambique, que vive situações de instabilidade política, que afectam a segurança pública daquele país do Índico.

Paralelamente ao evento, o Comandante-Geral manteve encontros de cortesia com a Delegação de Moçambique e da Zâmbia, com quem abordou questões relacionadas ao reforço da cooperação bilateral

Em Pretória, Paulo de Almeida manteve ainda um encontro de cortesia com a embaixadora de Angola na África do Sul, Filomena Delgado.

Integraram a delegação angolana, chefiada pelo Comandante-Geral da PNA, o General Sousa, Chefe da Direcção Principal de Operações das FAA, o Fiscal Único do SIE, Dr. Henrique Assis, oficias Generais e Comissários dos distintos órgãos.