POLÍCIA RESTAURA SEGURANÇA PÚBLICA EM BAIRROS CARACTERIZADOS COMO PALCO DA CRIMINALIDADE.

12/10/2021 || 03:36:21


Luanda: Trinta e nove bairros de Luanda, anteriormente caracterizados, como o palco da grande criminalidade em Luanda, viram restaurados a situação de segurança pública, fruto de um trabalho operativo da Polícia Nacional de Angola.

Os dados foram tornados públicos, hoje, pelo Director da Segurança Pública e Operações Policiais, Comissário Orlando Bernardo, num encontro mantido com jornalistas, comentadores e demais individualidades da sociedade civil.

No encontro, que decorreu na Unidade Operativa de Luanda, o Comissário citou os bairros Caop A, B e C, Boa Fé e Papá Simão, como alguns dos 39 bairros, que eram altamente afectados, com situações de insegurança, como assaltos a mão armada, lutas entre grupos rivais, agressões sexuais e outros.

Entretanto, o também porta-voz da PNA, garantiu que a situação de segurança pública no País, está sob domínio das Forças Policiais e que no período de Agosto a Setembro registou-se um conjunto de assaltos a mão armada em plena luz do dia, facto, que, tem incidência imediata no sentimento de segurança pública, "agudizada pela forma como esses factos foram publicitados nas diferentes plataformas de comunicação social e nas redes sociais".

Entretanto, adiantou ainda que foram desmantelados, no período em análise, 13 grupos de marginais, nomeadamente: Os Pumas, Os Tá se Bem, os Bumbas, Os Fiscais da Loja, Populas, Rebelião, Casa 70, Mentes Malucas, Turma M, UTK, Os Tira Pequenas, Esquadrão Bilo, assim como membros de uma associação constituída por cidadãos chineses, que se dedicavam ao crime de rapto, no município de Belas e membros de uma associação liderada por um cidadão nigeriano, que se dedicavam ao crime de tráfico de seres humanos.