COMANDANTE-GERAL DA PNA REITERA POSTURA MAIS ADEQUADA AOS EFECTIVOS E SENTENCIA MÃOS "PESADAS" CONTRA INFRACTORES

18/11/2021 || 08:25:51


Luanda: O Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola (PNA), Comissário-Geral Paulo Gaspar de Almeida, reforçou, hoje, em Luanda, a necessidade dos efectivos adoptarem posturas  mais adequadas durante o exercício das missões emanadas superiormente e avisou que serão severamente punidos todos aqueles que instirem em acções que mancham o bom nome da corporação.

O aviso do responsável máximo da PNA foi feito no final da tarde desta quinta-feira, durante um encontro com os Comandantes  Municipais e Comandantes de Esquadras, que decorreu  no anfiteatro da Unidade Operativa de Luanda, "Armindo do Espírito Santo Viera".

Paulo de Almeida sublinhou o importante papel da Polícia Nacional no País, na garantia da manutenção da ordem e tranquilidade pública, pelo que reiterou a mudança de comportamento dos efetivos reincidentes.
 "Precisamos  cumprir com eficiência e  prontidão a nossa tarefa que exige de nós mais profissionalismo. Por isso, queremos bons Polícias, bons Comandantes e bons Chefes comprometidos com a acusa da manutenção da segurança pública", reforçou o Comandante-Geral.

No final, o Comissário-Geral da PNA mostrou a sua  indignação face aos últimos acontecimentos que se tornaram virais nas redes sociais e que não dignificaram a imagem do órgão. Entretanto, elogiou  os agentes, que no dia-a-dia, garantem com "brio"  a segurança dos cidadãos e dos seus bens.

Participaram do encontro, o Comandante Provincial de Luanda, Comissário-Chefe, Eduardo Cerqueira, bem como membros do Conselho Superior de Polícia do Comando-Geral e do CPL.